1A lipoaspiração já é uma cirurgia consagrada no Brasil e no mundo todo. Iniciada no início dos anos 80, hoje muitos estudos ainda estão sendo feitos em relação ao melhor aproveitamento da gordura aspirada. A gordura já é muito utilizada para melhora do contorno corporal, através da sua imediata enxertia, devolvendo volume para regiões deficientes, tanto em cirurgia plástica estética como na reparadora.

Na cirurgia estética, seu uso pode proporcionar aumento de volume da região glútea, melhorando a harmonia de seu contorno, e corrigindo eventuais perdas de volume que ocorrem com a atrofia das partes moles.

cirurgia esteNa face, é crescente seu uso como preenchedores de gordura definitivos, para tratamento da atrofia dos tecidos e rugas estáticas, principalmente como complemento ao tratamento do terço médio da face.

Nas mamas, seu uso também cresce de forma incrível, tanto nas reconstruções mamárias após mastectomias, adenomastectomias e outras cirurgias mais conservadoras da mamas (quadrantectomias e setorectomias), como também muitos trabalhos buscam o auxílio da gordura para melhora estética das mamas, como forma isolada de tratamento da falta de volume, ou ainda, principalmente, associando seu uso a técnicas de redução e pexia da mama, com ou sem o uso de implantes mamários.

Além disso, muitas pacientes desejam, a partir de uma certa idade, retirar os implantes e ficar sem os mesmos, para não precisar mexer novamente nas mamas. Para essas pacientes, a lipoenxertia tem sido uma alternativa bastante interessante e com excelentes resultados.

Muitos estudos ainda deverão ser realizados para entender e explicar os excelentes resultados que as técnicas de lipoenxertia podem proporcionar.

favicon